Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Arquivo NippoBrasil: Zashi - Destaques

Destaques: NippoBrasil
    

KANJI
Matéria publicada no Zashi edição 6 - Fevereiro de 2008

A categoria keisei

Os ideogramas kaii, como visto no artigo da edição anterior, são formados a partir da combinação das idéias de ideogramas existentes, a fim de expressar um novo conceito. Neste mês, será tratada uma outra forma de combinação, a keisei (), que significa “composição por conceito e som”.

Leitura e significado

Como o próprio nome sugere, nessa forma de composição, uma parte do ideograma traz a leitura e outra, chamada bushu (= radical), indica o campo semântico a que o kanji pertence. Os radicais podem ser ideogramas ou formas modificadas deles.

A seqüência de ideogramas por exemplo, expressa, respectivamente, “lago”, “nadar” e “límpido”. Todos os três trazem à sua esquerda o radical , conhecido como sanzui, uma forma modificada do ideograma ( mizu = água). Esse radical indica que os kanji acima estão relacionados ao universo “água”, ou então, ao universo dos líquidos. Já os ideogramas à direita () fornecem aos kanji as leituras chinesas ko, ei e sei respectivamente.

Em o radical ( ki = árvore), à esquerda, expressa a idéia de que esses ideogramas estão relacionados ao campo semântico de “árvore”, ou seja, podem estar relacionados à madeira ou às plantas. Os ideogramas , à direita, dão a leitura chinesa a (bai = ameixa), (tô = pêssego) e (han = tábua).

Os ideogramas compostos por conceito e som (keisei) abrangem a maior parte dos ideogramas utilizados atualmente, correspondendo a aproximadamente 90% do total.

(Lucia Kiyomi Nemoto e Eric Yamagute Pereira)


© Copyright 1992 - 2015 - Portal NippoBrasil

Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br


18 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)